Prefeitura Municipal de Caxias > Notícias > Saúde > Médicos e enfermeiros da Região de Saúde de Caxias recebem capacitação dos profissionais da Planificação em Saúde

Durante os dias 27,28, e 29 de novembro, médicos e enfermeiros que atuam nas UBS’s dos sete municípios da Região de Saúde de Caxias passaram por uma capacitação conduzida por profissionais da Secretaria de Estado da Saúde e da Secretaria Municipal de Saúde de Caxias.

O treinamento foi realizado no auditório do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) regional Caxias e teve como objetivo integrar as cidades da região à Planificação da atenção especializada implantada no Centro de Atendimento Materno Infantil (CEAMI).

Nas abordagens estavam a estratificação de risco na Atenção Primária e Especializada; fluxo de atendimento das crianças e gestantes de alto risco no CEAMI e o fluxo de monitoramento das gestantes da região.

“A proposta é aumentar o atendimento do CEAMI para toda a região e, para isso, reunirmos estes profissionais para trabalhar os temas com foco na redução da mortalidade materno infantil. Então a proposta é que agora os sete municípios consigam enviar as gestantes e crianças de alto risco ao CEAMI”, disse Patrícia Veras, coordenadora da Planificação no Estado.

Durante os três dias, 210 profissionais de saúde foram capacitados. A coordenadora da Política de Saúde das Mulheres em Caxias, Amanda Costa, falou sobre a importância da Planificação.

“Após implantada a Planificação, nós conseguimos organizar muitos processos de trabalho voltados às gestantes e crianças, que são nosso público alvo por conta de tudo que vivenciamos nos últimos anos. Então, a Planificação nos trouxe uma qualificação onde a gente consegue identificar uma gestante que precisa de mais atenção, conseguindo o atendimento que realmente ela precisa; então hoje Caxias consegue garantir um atendimento mais especializado a esse público”, disse Amanda Costa, coordenadora da Política de Saúde das Mulheres em Caxias.

Uma das participantes foi a enfermeira Nyara Marques, da UBS Cohab. Para ela o treinamento que fala da estratificação de risco das crianças menores de dois anos e gestantes, tem o foco na diminuição no índice de mortalidade materno infantil e melhora ainda mais o atendimento, ajudando a identificar essa gestante e, a partir daí, conhecer melhor o público que é encaminhado para o serviço especializado, onde lá elas têm acesso a um plano de cuidados.

Na oportunidade, a coordenadora estadual do projeto lembrou que nos dias 11 e 12 de dezembro serão realizadas em Caxias as oficinas de tutoria através de um seminário de avaliação das atividades da Planificação no ano de 2017.

Confira a reportagem: