Prefeitura Municipal de Caxias > Agricultura e Pesca > AGRICULTURA – PAA 2018 é lançado em Caxias com mais de R$ 1 milhão em aporte de recursos e vai atender mais de 300 agricultores

Foi lançado oficialmente na manhã dessa quarta-feira (31) pela Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Pesca, no auditório do Centro de Treinamento João Paulo II, no Morro do Alecrim, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do Governo Federal, desenvolvido em parceria com o município de Caxias.

Estiveram representados o Banco do Brasil e sindicatos e cooperativas que trabalham com o Programa e congregam os trabalhadores da agricultura familiar. Foram registradas ainda as presenças de secretários municipais e o prefeito de Caxias, Fábio Gentil, acompanhado da primeira-dama, Letícia Mabel.

 Em 2017, o PAA comercializou 230 mil kg de produtos da agricultura familiar. Produtos que foram distribuídos nas redes de Saúde e Assistência Social chegando a mais de 4 mil pessoas, como explica o secretário de Agricultura, Abastecimento e Pesca, Ney Jeferson.

 “O objetivo do PAA é desenvolver a economia no local. Um dos grandes gargalos na agricultura é a comercialização. Muitas vezes o produtor produz e se frustra na hora de comercializar, e o PAA vem nesse sentido. O Governo Federal disponibiliza o recurso, a gente funciona como o meio de campo, intermediando, a gente contribui para fortalecer e incentivar os produtores a produzirem. E aí, a gente compra desses produtores e doa para a Rede de Saúde e Assistência Social do município e algumas entidades da sociedade civil”, explicou Ney Jefferson, secretário municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca.

Ney Jefferson, secretário municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca.

Entre as 136 famílias atendidas pelo PAA em 2017, estão as de dona Aldenise Ramalho e seu Sebastião Barros, o seu Ozí, que falam o que mudou com a chegada do Programa.

“Eu forneço desde 2015, eu ponho cebolinha, macaxeira, cheiro verde, batata, mamão e goiaba. Com certeza melhorou muito, é uma renda bem vinda, nunca falhou. É um incentivo, porque quem não tem ver os outros produzindo e produz também. Eu estou esperando que esse novo PAA seja melhor”, disse dona Aldenise Ramalho, do povoado Santa Rosa.

“O PAA é um incentivo muito grande para o produtor. Tem uma determinada época do ano que o produtor tem arroz, tem feijão, milho, macaxeira, a melancia, então tudo isso juntando a gente junta e leva pro PAA. Então, a gente vende ele fresquinho, verdinho, e tem ajudado muito o lavrador. Nós, lavradores, estamos conseguindo colocar o nosso produto no mercado”, reforçou Sebastião Barros (Ozi), do povoado Serra Vermelha.

 Dentre os produtos fornecidos há mais de 1 ano para o PAA por dona Antônia Pequena e seu Jacinto Lima, estão a vinagreira; a abóbora; a pimenta e o cheiro verde. O casal está confiante que vai fornecer ainda mais este ano.

Antônia Pequena e Jacinto Lima, produtores rurais do povoado Santa Rosa.

“O PAA é uma ajuda muito forte, tem um ano que a gente vende de tudo. A gente vende e recebe tranquilo. O Programa é bom e nós pede para Deus que melhore”, anseia dona Antônia Pequena, produtora rural do povoado Santa Rosa.

“A gente vivia no sufoco, mas depois que a gente começou a colocar um cheiro verde, um milho, uma macaxeira, abobora melhorou muito pra gente. Eu tenho muita fé que eu vou levar mais que o ano passado. Tem dado muito certo”, disse seu Jacinto Lima, produtor rural do povoado Santa Rosa.

O produtor Elmar de Oliveira, que fornece melancia e abóbora para o Programa, também reconhece os benefícios o incentivo dado ao trabalhador rural.

O PAA valoriza a nossa produção e, a gente apoia esse Programa. A gente espera que amplie mais para que a gente possa vender mais”, disse Elmar de Oliveira, produtor rural do povoado Santa Rosa.

Com uma área de 2 hectares, seu Irineu de Moraes, do povoado Santa Rosa, já está aumentando a área cultivada para fornecer mais produtos esse ano, a exemplo do: milho, da macaxeira, feijão e tantas outras culturas. Ele ressalta a importância da assistência técnica dada pela Secretaria.

“Esse esforço é um esforço que a gente faz com muito amor e muito carinho. Agora tendo o apoio da Prefeitura e da Secretaria de Agricultura, a gente espera só aumentar a quantidade de renda para aumentar a quantidade de trabalhador aqui na área. Daí por diante, que tudo corra bem para também no final da safra a gente atinja um bom resultado. A mecanização a gente não paga, a máquina vem e faz o trabalho. Eu produzo milho, feijão, mandioca. Isso dá uma expectativa bem boa. Eu só quero que tenha um bom resultado no final para que a gente possa se estimular ainda mais e aumentar a quantidade da área produzida”, espera seu Irineu de Moraes, produtor rural do povoado Santa Rosa.

O secretário Ney Jeferson afirma que o PAA em 2018 será maior que 2017 e vai atender mais famílias. O aporte de recursos vai sair de aproximadamente R$ 600 mil para mais de R$ 1 milhão de reais, chegando a 70 povoados.

 “O Programa vem maior, vamos ter R$ 1 milhão e 69 mil reais de recursos para comprar desses produtores e nós vamos ter mais agricultores cadastrados, nós tínhamos 136 e agora nós temos próximo de 350. Então, isso vai servir como um indutor do nosso município. Vamos atender os três distritos e são quase 70 povoados. É um momento em que estamos sentindo muita esperança dos nossos agricultores, principalmente agora nesse período de chuvas. A gente conseguiu desmistificar um mito de que a agricultura não produzia, produz sim, é só incentivar. Com o incentivo da Prefeitura de Caxias, a gente vai conseguir que tenha renda e as famílias saiam da pobreza extrema”, reforçou Ney Jefferson, secretário municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca.

O prefeito Fábio Gentil aproveitou a ocasião para anunciar o que chamou de PAA Municipal, com o investimento de R$ 300 mil reais para a compra e distribuição de insumos para os trabalhadores rurais.

“O governo municipal sentiu a necessidade de contribuir, fazer um investimento e, o município de Caxias irá investir inicialmente mais de 300 mil reais, também na aquisição. São recursos próprios, oriundos dos cofres públicos municipais. Estamos trabalhando com o Programa Caxias Luz Consciente, beneficiando mais de 7 mil famílias de baixa renda e, também, conseguimos por meio de emendas parlamentares, tanto do deputado federal Cléber Verde, quanto do senador Roberto Rocha, junto ao INCRA, a CODEVASF e o Ministério da Integração, que são recursos para trabalhar as estradas dos três distritos de Caxias”, finalizou   Fábio Gentil, prefeito de Caxias.

Confira mais fotos: