Prefeitura Municipal de Caxias > Finanças, Administração e Planejamento > Representantes de órgãos municipais participam de treinamento da REDE SIM em Caxias

O treinamento da REDE SIM, realizado por meio do Programa Empresa Fácil do Governo do Estado e Junta Comercial do Maranhão (JUCEMA), reuniu representantes de prefeituras da região dos cocais no auditório do Instituto Histórico e Geográfico de Caxias (IHGC) nessa quarta-feira (21).

De Caxias estiveram representadas a Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca; Secretaria Municipal de Indústria e Comércio; Assessoria Especial da Prefeitura de Caxias e Secretaria de Planejamento, Finanças e Administração.

A Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas (REDE SIM) tem por objetivo facilitar o registro empresarial, reduzindo custos e o tempo de legalização das empresas por meio da reunião em uma única plataforma de todos os órgãos, a exemplo do Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária, Meio Ambiente, dentre outros.

No Maranhão, o Programa Empresa Fácil da Secretaria Estadual de Indústria e Comércio centraliza as ações da REDE SIM na capital. O coordenador da REDE SIM no Maranhão, Ítalo Lima, destaca os benefícios das ações.

A REDE SIM é uma lei de nº 11.598/2007 implementada no Maranhão em 2015. Através dessa lei foi criado o Empresa Fácil para facilitar o registro e legalização das empresas. A gente precisa das prefeituras para fazer esse serviço para o contribuinte”, lembra Ítalo Lima, coordenador da REDE SIM no Maranhão.

Para as representantes das Salas do Empreendedor de Caxias e Codó, o treinamento foi de grande importância para ajudar os empresários com orientações sobre como agilizar o registro de suas empresas, que em Caxias é feito junto à Secretaria Municipal de Planejamento, Finanças e Administração.

“Um momento oportuno para esclarecer dúvidas, embora a gente ainda não faça uso do sistema Empresa Fácil na Sala do Empreendedor, mas nós podemos tirar dúvidas sobre consulta de viabilidade. Podemos estar encaminhando esses empresários para a JUCEMA quando não for de nossa competência”, destacou Lígia Gardênia, agente de desenvolvimento de Codó.

A JUCEMA nos passou que nós temos que orientar os empresários para os órgãos competentes, como Vigilância Sanitária, Meio Ambiente e Tributos, então a gente encaminha esses empresários para essas secretarias”, afirmou Adriana Valéria, agente de desenvolvimento de Caxias.