Prefeitura Municipal de Caxias > Notícias > Saúde > Vigilância Epidemiológica de Caxias no combate às doenças crônicas

Foi realizado no auditório do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência -SAMU, uma reunião com várias entidades públicas das áreas de segurança, saúde, meio ambiente e entidades civis organizadas. O objetivo foi desenvolver maneiras de gerar ações integradas, tanto intra como intersetorialmente, buscando parcerias que possam desencadear melhorias no enfrentamento das doenças crônicas não transmissíveis, para o município de Caxias nos próximos 4 anos. “Esse plano é algo que a gente faz com a vigilância em saúde, junto com a coordenação de vigilância epidemiológica, e a coordenação do programa; fazemos o plano e colocamos para a sociedade, e para o município, principalmente para estar fortalecendo as parcerias, para o desenvolvimento e execução desse plano“, explicou a coordenadora do programa de doenças e agravos não transmissíveis – Joseneide Teixeira Câmara.
As doenças crônicas (Diabetes, Câncer e AVC etc.) são responsáveis pelas principais causas de óbitos no Brasil e no mundo. A meta com o plano de combate é reduzir o número de mortes até 2020 em Caxias. “Hoje aqui foram convidadas várias entidades da sociedade, para apreciar o plano, e também estar colocando sugestões sendo, co-responsáveis pela execução“.
O ministro da saúde lançou o plano de enfrentamento das doenças e agravos não transmissíveis (DANTS), em 2011,  mas só agora na atual gestão, a prefeitura de Caxias através da Vigilância Epidemiológica, está dando importância para a redução na taxa de mortalidade pelas doenças crônicas.