Prefeitura Municipal de Caxias > Educação > Tênis de mesa foi destaque no décimo dia dos JECS 2017

O final de semana foi marcado por várias competições. No sábado (17/06) no Ginásio de Esporte Governador João Castelo a torcida acompanhou muay thay, karatê e jiu jitsu; já o domingo (18/06), foi reservado para o futsal no Ginásio Mundico Santos com quatro partidas. Mas o destaque mesmo ficou com o tênis de mesa no Ginásio de Esporte Governador João Castelo, que contou com 12 inscritos e 18 partidas no décimo dia de competições.

Estudantes das escolas Cônego Aderson Guimarães Júnior, Thales Ribeiro, Guiomar Assunção, Escola Militar, Duque de Caxias e Castro Alves se revezaram em rodízios e disputas eletrizantes no tênis de mesa. Os jogos iniciaram às 08h da manhã e foram até às 13h finalizando com a disputa entre as escolas Duque de Caxias e Cônego Aderson.

Os pais dos competidores marcaram presença torcendo e vibrando. Fábio Barros é um exemplo, o mesmo estava orgulho do filho Mateus Abreu Barros de 14 anos que participa da competição pelo 2º ano consecutivo na categoria infanto.

“Nessa modalidade você pode interagir mais com as outras pessoas. Nos dá oportunidade de ir para outros estados participar de outros campeonatos”, disse Mateus Abreu Barros, estudante da escola Castro Alves.

“Eu acredito que todos os esportes levam os jovens a terem disciplina, sociabilidade e respeito aos colegas e as regras”, lembra Fábio Barros.

Luís Carlos, que há mais de 30 anos é amante desse esporte, é técnico e pai dos competidores Luan Caique de 13 anos (atual campeão dos Jogos Escolares Maranhenses de 2016 da categoria infantil, sendo consagrado campeão na categoria infantil dos JECS 2017) e Luís Felipe de 14 anos (categoria infanto, título de campeão dos Jogos Escolares Maranhenses de 2015 na categoria infantil). O pai afirma que os filhos já estão sendo preparados para participarem do 2º aberto estadual de tênis de mesa em Teresina-PI.

O tênis de mesa e o projeto Mãos Amigas

O projeto Mãos Amigas é desenvolvido em Caxias no bairro Mutirão e atende a 220 crianças e adolescentes que são assistidas pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social. Alunos de outros bairros também participam das atividades como por exemplo João Viana, Cohab e Zé Castro.

Átila Correia Viana, coordenador do tênis de mesa nos JECS 2017, ressalta que a modalidade tem crescido bastante em Caxias nos últimos anos, seja na categoria adulto para os veteranos, seja na categoria escolar. O projeto Mãos Amigas tem revelado jovens para a modalidade.

“Através do projeto, muitas crianças e jovens passaram a conhecer um novo esporte, através do esporte conseguiram disputar várias competições dentro e fora da cidade com resultados expressivos e também conseguindo vaga para disputar o campeonato brasileiro estudantil”, explica o coordenador Átila Correia Viana.

A professora de informática, Cristiane Medeiros, trabalha no projeto há 7 anos e se orgulha de fazer parte, pois o mesmo tem a missão de ocupar o dia a dia de crianças e jovens com atividades que constroem significados diferentes em suas vidas; existindo há 15 anos, ele atualmente oferece iniciação esportiva em capoeira, dança, informática, reforço escolar, artes, dentre outras oportunidades.

 “Esses projetos da Assistência Social são muito importantes. Temos xadrez e badminton que a gente quer no próximo ano contar com essas modalidades sendo parte do currículo. É um sonho nosso da coordenação para que nós possamos ter no futuro bons nomes inseridos até mesmo no cenário estadual”, ressalta Edilberto Matias, coordenador geral dos JECS 2017.

Confira mais fotos: