Nessa quarta-feira (17), a Escola de Tempo Integral Hélio de Sousa Queiroz, realizou a I Conferência Escolar de Ciência, Tecnologia e Inovação, com o tema: Juventude na Ciência, Tecnologia e Inovação: desafios e possibilidades’.

“Nós vemos que nossos alunos estão muito agraciados. Nós temos salas de informática, ciência, que são as aulas comuns e diversificadas. Há a possibilidade de crescimento e aprendizado para os alunos”, frisa Francisca Rodrigues, gestora da Escola Hélio de Sousa Queiroz.

“Essa Conferência é uma etapa municipal da Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, que vão contribuir para a nova estratégia nacional de ciência e tecnologia de 2024. Os nosso alunos são produtores de conhecimentos. Eles vão entender que não só a Universidade, mas a própria escola produz ciência”, destaca Denilson Barbosa, coordenador Pedagógico e da Conferência.

O evento contou com a presença de estudantes, professores, pesquisadores e convidados. A conferência livre servirá é será preparatória para a V CNCT&I V Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação 2024 tendo como propósito envolver a comunidade escolar, autoridades, especialistas, acadêmicos e representantes da sociedade civil caxiense, para a construção de propostas que serão discutidas e deliberadas.

“Os alunos estão criando proposições que vão para a Conferência Nacional. É muito importante para o desenvolvimento deles como estudantes. Nós na Rede Municipal temos como meta no Plano Municipal de Educação investir para que os estudantes tenham ganhos na educação”, disse Socorro Brito, coordenadora de Currículos, Normatização e Políticas Educacionais da Semect.

“A educação e a tecnologia é uma forma de pegarmos as pessoas que estão à margem e colocarmos no Centro. Aqui é uma transversalidade e estamos abraçando junto com a educação”, disse Tino Castro, secretário municipal de Insdústria, Tecnologia e Comércio (Semitec).

“Eu me sinto feliz e incentivada. Espero que outras escolas tenham essas oportunidades e quero agradecer também”, disse Vivivane Gabriele, aluna do 9º ano.

Ao final da conferência, será produzido relatório com propostas escola a ser levado para a 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação 2024, que ocorrerá entre os dias 4 a 6 de junho, em Brasília, com vistas à elaboração da Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (ENCTI) 2024- 2030.

“A educação só é verdadeiramente consistente se ela servir a um propósito. A gestão municipal tem o objetivo de fazer a educação de tempo integral ser significativo”, ressalta Deborah de Cássia, gestora adjunta.

“É um processo lento, árduo, mas muito significativo na vida desses alunos. Agora eles estão tendo a oportunidade para buscar estratégia para mudar a qualidade de vida da população na educação básica”, afirma Juarez Júnior, coordenador da Sala Verde e AMEA.