Prefeitura Municipal de Caxias > Cultura > TURISMO – Projeto Balaiada pretende fomentar turismo de negócios em Caxias e na Região dos Cocais

O encontro ocorreu no auditório do SEBRAE/Caxias na manhã dessa quinta-feira (25), onde estiveram presentes representantes da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio; Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (SEMECT); Secretaria adjunta de Turismo e Academia Caxiense de Letras para a apresentação do Projeto Balaiada.

O professor de Filosofia e coordenador do Projeto Balaiada, Jânio Rocha de Chapadinha, ministrou uma palestra de sensibilização, expôs o projeto que existe desde 2014 e que já começou a fomentar o turismo na Rota da Balaiada por meio do desenvolvimento sustentável. A proposta é explorar economicamente a cadeia turística em torno do evento histórico da Guerra da Balaiada.

“O Projeto Balaiada segue a linha de pesquisa e debate iniciada em Caxias na década de 1990, só que ele avança para o aproveitamento desse tema da Balaiada para o desenvolvimento sustentável aqui da região nordeste maranhense, que inclui: Caxias, Timon, Itapecuru, Chapadinha, Brejo, vai até Araioses. Então, essa região tem esse tema comum que é a Balaiada. Assim como o Rio Grande do Sul que teve a Guerra da Farroupilha e ela, há mais de 50 anos, foi aproveitada para o estímulo ao desenvolvimento sustentável focado principalmente no turismo, nós estimulamos a utilização e promoção do tema da Balaiada para a promoção do empreendedorismo e do turismo, já que estamos próximo à Rota das Emoções e todos da região ganharão com isso”, explica Jânio Rocha, coordenador do Projeto Balaiada.

A exemplo do que já acontece na Rota das Emoções, a proposta traz uma visão de negócios em torno do Projeto Balaiada, que deve envolver os poderes executivo, legislativo, empresários, ONGs, artistas, colegiados regionais e instituições de ensino superior numa articulação para a promoção de uma semana de atividades que irão de 07 a 13 de dezembro, onde todos os segmentos vão estar envolvidos. Nesse período podem ser explorados o turismo de negócios, ambiental, educacional, histórico, gastronômico, dentre outros.

“Trazer esse projeto para Caxias significar incluir a cidade nesse roteiro turístico, na cultura e na educação. Quando a iniciativa pública traz projeto como esses para a nossa cidade, a gente de certa forma fomenta a economia, porque vai envolver pessoas que trabalham diretamente com o turismo”, ressalta Expedito Júnior, coordenador da Sala do Empreendedor da Secretaria de Indústria e Comércio.

“É um alinhamento que o SEBRAE se propõe a apoiar do Projeto Balaiada, que já é desenvolvido na região de Chapadinha, e o SEBRAE vislumbrou a potencial participação de Caxias nesse projeto com ações de desenvolvimento econômico empreendedor nessa região, sendo um dos agentes mobilizadores para que a gente possa desenvolver ações dessa natureza. O objetivo principal é desenvolver o projeto Balaiada como um todo em nossa região aproveitando o contexto histórico da guerra, que teve sua culminância em Caxias, com uma preparação a esses empreendedores que estão envolvidos na nossa região para que possam ter proveito de ações voltadas ao turismo, à cultura e incrementar os seus negócios”, destaca César Augusto, gerente da unidade regional do SEBRAE.

O secretário adjunto de Turismo, Fernando Santos, acredita que Caxias pode ser um grande diferencial, pois já existem na cidade diversos movimentos organizados que podem ampliar suas ações que repercutam na atração de turistas da região e de outros estados para o Município.

“Caxias já abraçou esse Projeto, Caxias já faz parte do movimento da Balaiada. Nós fomos uma das cidades que mais participaram do movimento, nós fomos a cidade pioneira em termos um museu dedicado à Balaiada. O prefeito Fábio Gentil quer que todas as crianças do ensino público visitem o Memorial da Balaiada, tenham essa explanação da importância da Guerra da Balaiada para o Município. Então, todos os alunos do Município já estão visitando o Memorial da Balaiada desde o ano passado. Além disso, agora fazendo parte desse movimento da Balaiada, a gente vai unir esforços com as outras cidades que participaram e vamos promover uma integração maior entre essas cidades. Isso vai gerar mais turismo, visitas entre as cidades e, num segundo momento, para todo o Estado e para outros estados do Brasil”, explica Fernando Santos, secretário adjunto de Turismo de Caxias.