Prefeitura Municipal de Caxias > Notícias > Saúde > Distribuição de sementes de Ipês e Limpeza da Piscina do Bairro Ponte são ações que marcam o início da Semana do Meio Ambiente em Caxias-MA

A Semana do Meio Ambiente que vai de 05 a 11 de junho, foi Iniciada em Caxias-MA, com a distribuição de sementes de Ipês Amarelo e Roxo pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE, aos usuários do serviço de água da cidade e por integrantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil no semáforo em frente à Delegacia Regional ao lado da Prefeitura de Caxias-MA na manhã desta segunda-feira (05).

A previsão é que mais de cinco mil pacotes com sementes de Ipês sejam entregues durante a semana. Cada pacote vem com aproximadamente 10 sementes.

“Essa é a primeira ação, que é a distribuição de sementes de Ipê, que além de ser uma árvore de madeira nobre, é uma arvore que floresce; sua formosura é muito importante e embeleza a cidade. Uma árvore dessa já adulta, fornece oxigênio para dois seres humanos durante um ano. Pesquisas recentes demonstram que o Ipê consegue despoluir 55 kg da queima do carvão. E quanto a carros, ônibus e caminhões ela também consegue tirar mais de 50% da poluição ao ar”, explica Yves Morais, assessor da Secretaria de Meio Ambiente e Defesa Civil.

“Nós não podemos ficar de fora dessa Semana do Meio Ambiente, afinal, para ter água é preciso que haja preservação ambiental. Nós estamos distribuindo sementes de Ipês aos usuários dos nossos serviços. É uma forma de envolver a sociedade. Na quarta-feira (07), vamos enviar uma equipe para fazer uma palestra no Centro Educacional Santos Dumont, e, no sábado (10), vamos fazer uma visita à reserva do Inhamum, até o porquê, o SAAE participa dessa parceria com a Secretaria de Meio Ambiente”, lembra Arnaldo de Arruda, diretor de Administração e Finanças do SAAE.

“É uma importância muito grande, porque sem água não temos nascente preservada. Sem água não tem natureza!” reforça Manoel Pedro, moto taxista, usuário dos serviços do SAAE.

Em alusão ao Dia Mundial de Meio Ambiente, comemorado dia 05 de junho, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil em parceria com a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Secretarias Adjuntas de Limpeza Pública e Urbanismo, iniciaram a limpeza da Piscina do Bairro Ponte. Antigo Cartão Postal da cidade de Caxias-MA, a Piscina do Ponte, que foi construída em 1972, foi encontrada com a estrutura comprometida e muita sujeira, lama, garrafas plásticas e imprópria para banho. A limpeza do local é uma ação de saneamento que vai dá uma sobrevida ao espaço público, até que uma reforma definitiva do local seja feita.

“Isso aqui é apenas um primeiro passo, ou seja, a limpeza da Piscina do Riacho do Ponte, posteriormente a recomposição da flora, para que a água seja devolvida ao rio com uma qualidade melhor. Além disso, vamos ter palestras e o pessoal da UEMA vai colocar em prática um projeto deles. É uma maneira de chamar a atenção da população de Caxias, para a importância da preservação da nossa Fauna e da nossa Flora”, Pedro Marinho – secretário de Meio Ambiente e Defesa Civil.

“Representa um grande avanço. Embora seja uma medida paliativa, representa a preocupação do Prefeito Fábio Gentil com a preservação do Meio Ambiente. Temos projetos que visam a despoluição do Riacho do Ponte. Isso aqui é uma riqueza”, ressalta José Cláudio – secretário Adjunto de Limpeza Pública.

Ao longo da semana, a coordenação de Vigilância em Saúde Ambiental também vai realizar ações de conscientização.

“Nós estamos em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil e também em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia. Sempre estamos irmanados para desenvolver ações que são correlatas. Essa semana e todo o mês, vamos estar desenvolvendo ações nas escolas de modo a difundir a importância da preservação do Meio Ambiente”, expõe Michele Melo – coordenadora de Vigilância em Saúde Ambiental.

A Piscina do Ponte também concentrou integrantes do grupo de amigos do Riacho do Ponte, e recebeu a visita de alunos da Fundação José Castro, com crianças de 3 a 5 anos para um passeio em que os professores trabalharam a conscientização da preservação do meio ambiente.

“O objetivo é a conscientização e o cuidado com o Meio Ambiente. Foi um trabalho desenvolvido durante a semana. As crianças vivenciaram na escola, sobre o que é o Meio Ambiente e o cuidado com o meio onde a gente vive. Hoje, estamos finalizando com um passeio vivenciando na prática o que é o Meio Ambiente, o que é o lixo. Eles são multiplicadores desse conhecimento”, lembra Divanilda Almada, coordenadora Pedagógica da Fundação José Castro.

“Isso é só o começo. O objetivo do movimento é despoluir a água do riacho. É algo mais complexo, com mais burocracia, recursos. Nós como cidadãos temos que ter consciência de manter o riacho limpo, não jogar lixo dentro da água.  O movimento ele veio para tentar chamar a atenção das pessoas para a consciência ambiental”, pontua Marcos Antônio, Grupo de Amigos do Riacho do Ponte.

Confira mais fotos:

Confira a reportagem: